Envolver, Desenvolver e Comprometer no Plano Interno

O tema central desta edição da ‘Pensar Fora da Caixa’ não poderia ser mais adequado para se falar de responsabilidade social. Envolver, desenvolver e comprometer são 3 verbos que alicerçam a cultura de uma empresa socialmente responsável, definindo a estratégia organizacional que estabelece o ponto de partida para a responsabilidade social.

De há uns anos a esta parte, o muito que se tem falado em responsabilidade social tem gerado muito ‘ruído’ e levado a alguns equívocos. As mediáticas ações desenvolvidas por algumas grandes corporações, em prol de causas sociais, têm contribuído para distorcer aquilo que é efetivamente responsabilidade social, orientando o olhar apenas para uma das suas dimensões, a externa.

Mas a responsabilidade social tem uma importante componente interna, sem a qual muitas das ações orientadas para o exterior acabam por não ser mais do que meras manobras de marketing. Não tem mal que uma empresa tenha preocupação com a sua imagem, não deverá é desenvolver a sua estratégia de responsabilidade social exclusivamente orientada para essa preocupação.

Foquemo-nos no plano interno. A responsabilidade social interna envolve inúmeras dimensões: social – passando por um bom clima organizacional, pela capacidade de gerar/manter o emprego, pela forma como os seus recursos humanos são geridos e potenciado o seu desenvolvimento; económica – nomeadamente, pela sua capacidade de garantir a sua sustentabilidade e durabilidade; ambiental – promovendo condições de segurança e de saúde aos seus colaboradores, gerindo o seu impacto ambiental.

A atuação nestas diferentes dimensões transmite aos seus colaboradores uma sensação de coerência e confiança quanto aos propósitos da estratégia de responsabilidade social. Sendo uma preocupação transversal às diversas opções empresariais, cria uma cultura organizacional própria que envolve os colaboradores.

Envolver, cativando os colaboradores para a estratégia da empresa; desenvolver, promovendo a evolução de cada um e comprometer, fazendo com que cada um assuma a estratégia da empresa como sendo sua. Envolver, desenvolver, comprometer são condições de sucesso para qualquer empresa ou organização. Conquistando os seus colaboradores, é seguro que a boa imagem da empresa vai ultrapassar as suas paredes.

Vivemos numa sociedade de redes, de relação, nenhuma organização funciona isoladamente, sendo constantes os fluxos que estabelece com o exterior: clientes, comunidade, ambiente. Em qualquer um deles, a atividade da empresa tem impacto, passamos para a dimensão externa da responsabilidade social. Mas isso ficará para uma próxima ‘conversa’.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *